Código de Ética

As constantes mudanças ocorridas no cenário esportivo mundial ao longo das últimas décadas, estimulam a Confederação Brasileira de Voleibol a manter atualizado seu Código de Ética, com o objetivo de se adequar ao reconhecimento de novos comportamentos, valores, princípios e normas representativas da evolução da Sociedade Brasileira e à interação resultante da presença do voleibol do Brasil, nos patamares mais elevados do esporte mundial.

Nesse sentido, cumpre-nos ressaltar a importância da pronta e perfeita aplicação do presente Código, cujas normas expressam procedimentos éticos, morais e técnicos que marcam o voleibol, como esporte, entidade e agente de formação e desenvolvimento desse desporto de tanta aceitação e valor para o desenvolvimento atlético e social do País, contribuindo, destarte, para a elevação crescente de nosso prestígio internacional.

É, também, imperioso destacar que este diploma, elaborado participativamente, representa fonte perene de inspiração a cada um e a todos os esportistas ligados à CBV, para honra maior do esporte e permanente engrandecimento da nossa Pátria, com a concordância de todos os órgãos da estrutura oficial do voleibol no Brasil, congregando pessoas jurídicas e físicas, vinculadas formalmente as suas três instâncias organizacionais, Confederação Brasileira de Voleibol, Federações Estaduais e Clubes.

Veja na integra

Estratégias Vôlei Brasil

Conheça alguns objetivos da nossa estratégia
Consolidar o vôlei de praia
Aumentar o valor da marca Volei Brasil
Estar no pódio em todas as competições internacionais
Desenvolver e formar profissionais e gestores esportivos do voleibol
Aumentar o número de praticantes do Voleibol
Garantir de forma transparente o acesso às informações sobre aplicação de recursos, prestação de contas e resultados
Banco do Brasil

PATROCINADOR OFICIAL

Parceiros Oficiais